08
Jan 10
Por

João Pinho de Almeida

, às 12:25 | comentar

"A tolerância também é preconceituosa". Parabéns por dizer aquilo que o povo português pensa!
Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Janeiro de 2010 às 15:15

E dos polígamos, tão vilmente discriminados, ninguém se lembra?!
Kruzes Kanhoto a 8 de Janeiro de 2010 às 22:57

Excelente questão colocada acerca daquilo que o Governo fará face a uma eventual inconstitucionalidade do projecto de lei. De facto se passarmos a discussão dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo para a adopção o cenário muda ainda mais de figura. Veja-se que até o PCP (dá para acreditar!?) absteve-se por não considerar momento oportuno para falar da adopção. Por isso é importante sabermos claramente o que será feito no caso da sua inconstitucionalidade, dado que é um cenário perfeitamente possível.

Agora está nas mãos de Cavaco Silva. Veremos o que o Tribunal Constitucional lhe diz mas, como já referi anteriormente (http://daultimafila.blogs.sapo.pt/2271.html?thread=3551#t3551), penso que mesmo que seja constitucional, considero que a medida correcta do Presidente da República será "exigir" a realização de um referendo e pedir para que a Assembleia da República não ignore as 90 mil assinaturas da petição, que foram obtidas em tempo record, e que poderiam ser 100 mil ou 200 mil ou mais até porque não tenho dúvidas que a maioria dos portugueses estão interessados num referendo.
André Lucas a 9 de Janeiro de 2010 às 15:36

Na última fila da bancada do CDS-PP sentaram-se no primeiro dia, por acaso ou providência, os quatro deputados mais novos da bancada. Juntam-se virtualmente neste espaço para continuar as discussões após o fim dos trabalhos. Junte-se, leia e debata as opiniões dos deputados… Da última fila.
Autores
Cecília Meireles Graça
Filipe Lobo d´Ávila
João Pinho de Almeida
Michael Seufert
Arquivos
Pesquisar